Curso Realidade Brasileira terá edição em Ijuí

Primeiro módulo acontece no dia 12 de maio. Curso busca aprofundar a compreensão sobre a realidade no País a partir do estudo de pensadores brasileiros.

No dia 12 de maio, sábado, um grupo vai iniciar uma rotina de estudos em Ijuí que terá duração até o mês de outubro, com encontros mensais em pelo menos um final de semana de cada mês. É o Curso Realidade Brasileira, uma iniciativa que teve início no ano de 2001, na Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais, por iniciativa da Consulta Popular. Desde então, já foram mais de 50 edições do curso, que agora chega a Ijuí.

“O Curso Realidade Brasileira é dividido em seis módulos. Primeiro, vai falar sobre a formação do povo brasileiro, que é a ideia de a gente debater toda a formação histórica do povo brasileiro, todo nosso desenvolvimento enquanto povo, classe trabalhadora, a formação étnico-racial do País”, explica Eduíno Nascimento, um dos organizadores. Ele é coordenador da Frente Territorial do Levante Popular da Juventude, organização que em Ijuí assumiu a proposição do curso em parceria com outros movimentos sociais ligados à Frente Brasil Popular, a exemplo da Via Campesina, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).  Edições estão previstas em vários municípios do Estado. Em Ijuí, são parceiros o Sindicato dos Professores de Ijuí (Sinpro-Noroeste) e o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Privado (Sinteep), o DCE da Unijuí e a União da Juventude Socialista.

Os temas são desenvolvidos a partir do estudo de importantes pensadores brasileiros, como Caio Prado Júnior, Florestan Fernandes, Celso Furtado, entre outros. No primeiro módulo, neste mês de maio, a leitura é da obra de Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro, e terá a mediação de Lauro Duvoisin. Integrante da Consulta Popular, Lauro também é historiador, mestre em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorando em Ciência Política na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

“Esse curso vem para a gente entender, nessa conjuntura, todos os esforços da classe trabalhadora enquanto agentes de transformação da sociedade, compreendendo nosso passado e as nossas lutas”, pontua Eduíno. “Esse convite se destina a todos aqueles e aquelas que têm interesse em conhecer um pouco mais sobre a história do povo brasileiro.”

A inscrição no curso é gratuita e pode ser feita até o dia 8 de maio através do preenchimento de ficha de inscrição, disponível aqui. Os dados devem ser encaminhados para Luiza (55 98190-6444) ou Geisson (55 99185-8614). O curso acontece na sede do Sinpro-Noroeste (Rua Sete de Setembro, 720, Centro, Ijuí) e, no dia 12, as atividades iniciam às 7h30 da manhã e seguem até 21h. Mais informações podem ser obtidas com os organizadores, pelos números de celulares indicados.

Confira abaixo a programação para os módulos:

TEMA OBRAS DE REFERÊNCIA
MÓDULO 1 – Formação cultural e étnica do povo brasileiro

12 de maio

Darcy Ribeiro. O povo brasileiro
MÓDULO 2 – Categorias básicas de economia política

9 e 10 de junho

Karl Marx. Prefácio à crítica da economia política

Florestan Fernandes. A história em processo

Florestan Fernandes. Nós e o marxismo

MÓDULO 3 – Formação social e econômica do Brasil: do processo de colonização ao capitalismo dependente

14 e 15 de julho

Caio Prado Júnior. História econômica do Brasil

Celso Furtado. Mito do desenvolvimento econômico

MÓDULO 4 – A questão agrária no Brasil e a luta pela terra

18 e 19 de agosto

João Pedro Stédile (org.) A questão agrária no

Brasil. Volume 2

MÓDULO 5 – A questão urbana no Brasil: trabalho, movimento sindical e urbano

15 e 16 de setembro

Armando Boito Júnior. Sindicalismo e Estado

no Brasil

Ermínia Maricato. Habitação e Cidades

MÓDULO 6 – Revolução brasileira e projeto popular

27 e 28 de outubro

Florestan Fernandes. O que é revolução

Compartilhe

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *